Quem sou eu

Minha foto
...uma criatura magrela e um ser que deixa a desejar no quesito beleza; ao me ver tenho certeza que não darias nada por mim, mas ao levar um papo tenho certeza que pelo menos um dinheiro pro café,você vai dar !

sexta-feira, 4 de março de 2016

Pela vida

Encontrei a página aberta
Não página de folha,página de tela
Confusão engraçada essa 
E coisa assim,só a tecnologia traz
Olhei em cada letra,em cada linha
Não tem coisa nova,só antiga
Mas saudosismo nunca é demais
Em cada verso,em cada rima
Parece esperta essa menina
Aí pergunto,na última linha:
Por onde andarás, a poeta que aqui jaz?

Allan Bonfim.