Quem sou eu

Minha foto
...uma criatura magrela e um ser que deixa a desejar no quesito beleza; ao me ver tenho certeza que não darias nada por mim, mas ao levar um papo tenho certeza que pelo menos um dinheiro pro café,você vai dar !

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

A vida esfria pela manhã

Pela manhã a vida esfria,sabendo disso a Luiza logo chama Pedro:
- Pedro vem tomar café,o pão tá na mesa,vem pedro !
- ...
- PEDRO !!! café vai esfriar,vem tomar café,pedro !!!
- Já vô...mulher chata.
- Chata é dona sua mãe,café tá quente Pedro,vem logo,por favor !

E o pensamento de Luiza rolava:
- Vem pedro,vem que a vida esfria com o vento do tempo,
a vida,as lembranças,todo o meu querer
- Vem pedro,que o amor tá morno,já pedindo mais lenha,
ele quer mais carinho,mais cuidado e atenção
- Pedro,não repara o meu cabelo,tive que assim sair,
pra pegar a primeira remessa de pão
- Olha Pedro,tem queijo e mortadela,maitega e nutella,
só não me faz esperar assim
- Amor,presta atenção,vê se passa manteiga no pão,
vê se vem pra perto de mim
- Bom dia !
- Bom.
- Tem queijo e...
- Esse café tá frio !!!
- ...
- Ouviu?!?!
- Eu esquento pra você,amor.

E o pensamento de Luiza chorava:
- Sempre que precisar,amor,o café,o querer,
o pão,a paixão,sempre que precisar eu esquento

É,cuida de Luiza,Pedro.Mulher assim você não encontra mais na vida,que esquenta o café,o amor,pão,que te dá carinho e até faz bolinho se precisar,se você precisar.

Allan Bonfim.

9 comentários:

  1. Às vezes eu sou Luiza, mas o pior é quando eu sou Pedro.
    E eu na verdade nao queria ser nem Luiza nem Pedro. Há de haver um meio-termo.. tsc
    ficou fantástico, moço.

    ResponderExcluir
  2. Pow saudade de vim aqui.
    É pedro se liga.O pior é que a Luiza não sabe que amor requentado é ruim!
    bjo,tô de volta ^^)
    bjo,amigo.

    ResponderExcluir
  3. que f***!!!
    adorei; muito!
    já me senti eternamente luiza, mas agora tb sei ser joana - essa, de clarice...
    e sigo!

    beijos, dear

    ResponderExcluir
  4. O comodismo fazem eles ficarem assim, insensíveis. Tolos eles que não sabem o quanto nos esforçamos para sempre ficarmos ao seu lado. Complicado, mas é a vida. Acho que mulher é acostumada a fazer isso. rs

    Meu beijo.

    ResponderExcluir
  5. querido Allan, que lindo: "que a vida esfria com o vento do tempo, a vida,as lembranças,todo o meu querer", que dor que deu de ler. de 'me' ler aí. Um meu que também é seu e às vezes é de tantos.
    o poeta alcança, com os voos, tudo o que não se cansou de vez de ser.(fui inspirada por você, obrigada!)
    um beijo, querido amigo, peço desculpas pelo sumiço.

    ResponderExcluir
  6. tá bom, eu confesso que eu babei muito aqui no seu texto *----*'
    Obrigada por cada comentário, desculpe a demora. mais uma vez, seu texto tá muito bom (:
    beijos, tô voltando..
    :*

    ResponderExcluir
  7. Querido amigo (assim é, pois me parece) Allan,
    Quando eu sumir, assim, de repente, saiba, não é por querer, é porque me deixo levar, são ondas a segura... são pontas a aparar...
    Mas meu sumiço, saiba, nunca, nunca, nunca, é falha do meu coração ou do meu olhar (por quem vale à pena, como amigos como vocês).
    bjs.
    Cynthia

    ResponderExcluir
  8. Allan nem sei se vem aqui ainda =/
    mas vim lhe desejar um belo natal que toda a magia esteja presente nele e que tenha bastante coisa pra comer kkkkkk
    Feliz Natal

    ResponderExcluir
  9. Meu nome é Luiza.
    Sou Luiza.
    Não deveria ser.

    ResponderExcluir