Quem sou eu

Minha foto
...uma criatura magrela e um ser que deixa a desejar no quesito beleza; ao me ver tenho certeza que não darias nada por mim, mas ao levar um papo tenho certeza que pelo menos um dinheiro pro café,você vai dar !

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Seguindo viagem

Pastos verdejantes,auroras espetaculares,o vento na praia,o canto da fala da gente que passa despercebida pelo calçadão.A vida se esvaindo em beleza num mar de tristeza,num dissabor sem fim,músicas,textos,livros,tudo vem a cabeça,e tudo se confunde aos olhos de quem vê,de quem passa por mim.
Sabes que eu tô apenas de passagem,bem no meio da viagem na qual te encontrei,e adoro esse clima de passeio,uma felicidade de recreio,coisa de criança levada,eu sei.Eu me fingindo de forasteiro,caubói e até boiadeiro,só me faltou a boiada,pra te fazer sorrir.E então,percebi outrora que são momentos como o de agora que realmente ficam,no coração e na mente da gente,marcados como água na pele,água fervente.
E no meio de uma fumaça,o que mais me vale no momento é você ao meu lado,sei que isso passa.E nesse frio,não é a toa que a janela embaça,não é a toa que a alma embaraça o sentimento agora quase vazio.
Aí me sobe pela nuca um arrepio,tipo um frio que às vezes dá.É o medo de te perder,aquele medo de não mais poder te ver,coisa engraçada,só pra você ver.Foi daí que me passou pelos dedos a vontade e não o desejo de escrever pra ti este poema em vez do texto,aquele que prometi.

Allan Bonfim.

6 comentários:

  1. aah, como é bom ver teus textos de volta Allan *--*' ainda mais uma prosa poética assim tão linda! Aaah, como é inda!
    Não desaparece mais não ^^'
    :*

    ResponderExcluir
  2. Ah, estava com saudades dos seus textos por aqui.
    como sempre, texto belo.
    Engraçado, poético.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Nossa Allan eu voltei e vc se foooi .
    faz assim nãao,

    É o pioor medo, aquele de perdeer !
    Lindoo textoo em forma de poeema .)
    Bjs pra tiii .

    o 'Assim Assim' mudoou viiiu :)
    pode ir lah conferiir .

    ResponderExcluir
  4. humano, demasiado humano, meu flô!
    medo é apenas um degrau na escada rolante q desce, pela qual tentamos subir... [LL] ;)

    beijo

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto como sempre, tenho saudade de você.
    Só quero dizer que sempre apareço aqui..
    Se cuida..

    ResponderExcluir
  6. NÃO AO FECHAMENTO DAS OFICINAS CULTURAIS DO ESTADO, POR FAVOR SE PUDER AJUDAR, FICARIA MUITO GRATA!
    http://navozdenos.blogspot.com/2010/06/nao-ao-fechamento-das-oficinas.html

    ResponderExcluir